Sábado, 24 de julho de 2021
Terceirização de mão de obra apresenta forte tendência de crescimento em 2021

Retomada da economia no pós-pandemia deve fazer crescer a procura pelo serviço

Como efeito da pandemia do novo coronavírus, muitas empresas foram obrigadas a reduzir o quadro de colaboradores para acompanhar o declínio das operações. Mesmo com as previsões de retomada da economia e das atividades, porém, a velocidade das contratações não deve seguir o mesmo ritmo, abrindo assim oportunidades para empresas que oferecem serviços de terceirização de mão de obra.

De acordo com Julio Pita, gerente Comercial da Fix Facilities, que atua com atividades como manutenção predial, manutenção industrial, serviços de apoio administrativo, serviços de apoio a processos produtivos e até mesmo limpeza e jardinagem, a expectativa da empresa é crescer 34% em faturamento em 2021, impulsionada justamente por uma maior procura pela terceirização.

O executivo explica que em 2020 houve queda nos serviços de facilities voltados para o chamado mercado soft, que envolve atividades desenvolvidas em centros de compras, shoppings e prédios corporativos, por exemplo, devido às restrições impostas pela Covid-19. “Como alternativa, redirecionamos então nossos esforços para o atendimento aos serviços de facilities hard, mais voltados para a indústria”, destaca. Dessa maneira, a Fix conseguiu atravessar o ano passado apresentando crescimento de 12% no faturamento.

“Muitas empresas prestadoras de serviços sofreram fortes impactos com a perda de escopo em seus negócios e foram forçadas a reestabelecer margens por meio da majoração de preços. Isso movimentou o mercado tomador de serviços na busca por opções”, destaca Pita. Segundo ele, além das oportunidades apresentadas pela retomada do mercado soft, existe muito a se explorar também na indústria. “O setor agrícola, por exemplo, tem mostrado forte tendência de crescimento, assim como os setores de embalagens e alimentício”, analisa. “Independentemente da realidade do mercado, atuamos sempre na perspectiva de gerar valor aos nossos clientes. Nesse sentido, não deixamos que condições adversas nos limitem na nossa visão de futuro”, conclui o gerente Comercial.

A Fix Facilities iniciou suas operações em 2013, focada em serviços técnicos e soluções customizadas para os mais variados segmentos da economia. Em 2020, a empresa passou por um reposicionamento de marca, alterando seu nome de Quality Facilities para Fix. Sua forma de atuação tem como principais pilares a excelência em segurança, o respeito e o apoio ao desenvolvimento das pessoas, a aplicação tecnológica e a gestão por meio da tecnologia, a inteligência operacional e a busca por resultados financeiros agressivos.

Sobre a Fix

A Fix Facilities iniciou suas operações em 2013, focada em serviços técnicos e soluções customizadas para os mais variados segmentos da economia. Em 2020, a empresa passou por um reposicionamento de marca, alterando seu nome de Quality Facilities para Fix.

Sua forma de atuação tem como principais pilares a excelência em segurança, o respeito e o apoio ao desenvolvimento das pessoas, a aplicação tecnológica e a gestão por meio da tecnologia, a inteligência operacional e a busca por resultados financeiros agressivos.

Fonte:
https://www.revistaintermarket.com.br/terceirizacao-de-mao-de-obra-apresenta-forte-tendencia-de-crescimento-em-2021/