Quarta, 20 de outubro de 2021
Tecon Salvador bate novo recorde de movimentação

Pelo terceiro semestre consecutivo, terminal operado pela Wilson Sons supera recorde de cargas

O Terminal de Contêineres do Porto de Salvador (Tecon Salvador), operado pela Wilson Sons, conquistou a maior movimentação de sua história para os meses de junho e no primeiro semestre. No caso dos seis primeiros meses do ano, a alta se deu pelo terceiro ano consecutivo e crescendo quase 16% em relação a 2021. A importação obteve destaque, superando recorde no mesmo período, com 42.340 TEUs (contêiner de tamanho padrão), e também as cargas de transbordo, com 24.538 TEUs. Já a cabotagem, alcançou 38.510 TEUs movimentados, o que representa um crescimento de 20% em relação a 2020.

A maior representatividade de cargas no período ficou por conta dos produtos químicos e petroquímicos, polímeros diversos, além de celulose e papel. As operações portuárias têm um papel muito importante para a economia do estado. “Um Porto eficiente, com excelentes padrões operacionais como o de Salvador, favorece o desenvolvimento dos negócios e envolve uma extensa cadeia produtiva”, reforça o diretor executivo do Tecon Salvador, Demir Lourenço.

O Tecon está em fase de nova expansão, com duplicação de cais e retroárea adicional de 30 mil metros quadrados já concluídos.

Sobre o Tecon Salvador

O Tecon Salvador é o principal terminal de contêiner do Nordeste e conecta a região e a Bahia ao mundo.

O armazém alfandegado do Tecon Salvador conta com uma área de 4.000 m² e capacidade de 6.071 posições pallets. Além disso, a estrutura possui WMS, sistema de gerenciamento de armazenagem que agiliza e controla as operações do dia a dia.

  • Desembaraço mais rápido
  • 35 slots para posicionamento de contêiner no armazém
  • Solicitação de serviço e acompanhamento da carga via Portal
  • Segurança e confiabilidade reconhecidos pelo prêmio Du Pont
  • Serviços oferecidos: Cross docking | Ova e Desova


https://www.revistaintermarket.com.br/tecon-salvador-bate-novo-recorde-de-movimentacao/
Opinião dos leitores

Deixe aqui uma resposta