Posicionamento IBP – 16a rodada ANP

10/10/2019 11:10 • Indústria Naval

Os resultados da 16ª Rodada de Licitações de blocos exploratórios de óleo e gás marcam mais um êxito na estratégia da ANP e do governo de manter um calendário fixo e regular de leilões, que se traduz em investimentos, tributos, empregos e geração de renda a médio e longo prazo no país.

Os bônus de quase R$ 9 bilhões  arrecadados nesta oferta – com ágio de 322% – e o investimento previsto de cerca de R$ 1,6 bilhão denotam o apetite dos investidores pelo setor no país e irão, ainda, reforçar o caixa do governo neste ano, em meio a um cenário fiscal difícil.

A participação de 11 empresas no leilão desta quinta-feira (10) revela ainda que há espaço para diferentes perfis de companhias, indicando uma diversidade do mercado brasileiro – que tem amadurecido e gerado oportunidades para novos agentes de diversos portes e nacionalidades. 

Com o arremate de 12 blocos, fica evidente que o Brasil tem um ambiente que inspira segurança nos negócios e que o governo está empenhado em avançar ainda mais nas questões regulatórias, com o objetivo de pavimentar o crescimento econômico e a expansão do setor de óleo e gás. “O resultado mostra a segurança jurídica e a certeza que o investidor tem de que vai fazer um bom negócio no Brasil  de que a nossa geologia é muito favorável”, disse o secretário executivo do IBP, Antonio Guimarães, após o leilão.