Quarta, 27 de outubro de 2021
Movimentação portuária cresce 2,1% no terceiro trimestre

Portos e terminais movimentaram 310 milhões de toneladas em julho, agosto e setembro

O setor portuário brasileiro (portos + terminais privados) movimentou no terceiro trimestre 310,1 milhões de toneladas, o que representou um crescimento de 2,1% em comparação com igual período do ano passado. Os números estão no Estatístico Aquaviário da ANTAQ. Os terminais privados movimentaram 205 milhões de toneladas, um crescimento de 1,43%. Os portos públicos, 105 milhões de toneladas – incremento de 3,45%.

O Terminal Marítimo de Ponta da Madeira (MA) foi a instalação privada que mais movimentou no terceiro trimestre: 56,5 milhões de toneladas, um decréscimo de 0,4% em comparação com o mesmo período de 2019. Em relação aos portos públicos, Santos (SP) apareceu em primeiro, com 30,6 milhões de toneladas, um incremento de 4,78%.

Minério de Ferro foi a carga mais movimentada no terceiro trimestre: 103,6 milhões de toneladas – um aumento de 0,48% em relação ao terceiro trimestre de 2019. Depois vieram combustíveis, contêineres e milho.

Em relação ao perfil de carga, foram movimentados 196,4 milhões de toneladas de granel sólido no terceiro trimestre – aumento de 1,95%. Granéis líquido e gasoso apareceram com 69,4 milhões de toneladas – um crescimento de 2,92%. A movimentação de carga conteinerizada caiu 2,38%, com cerca de 30 milhões de toneladas. A movimentação de carga geral subiu 10,85% (14,2 milhões de toneladas).

2020

No acumulado do ano, de janeiro a setembro, o setor portuário movimentou 849,5 milhões de toneladas. O número representou um crescimento de 3,74% em relação ao mesmo período do ano passado. Nesses nove meses, um dos destaques foi o Porto de Santos, que movimentou 86,2 milhões de toneladas, um crescimento de 8,06%. O Porto de Paranaguá (PR) também registrou crescimento (9,86%), com 39,9 milhões de toneladas movimentadas.

Fonte:
https://www.revistaintermarket.com.br/movimentacao-portuaria-cresce-21-no-terceiro-trimestre/
Opinião dos leitores