Quarta, 22 de setembro de 2021
Itaqui, o porto do TO e do Centro Norte do país

A tarde desta quinta-feira, 22, foi dedicada à apresentação do Porto do Itaqui e suas vantagens para empresários do ramo de logística e agronegócios, considerando o seu papel estratégico para a região. Participaram do encontro os dois governadores, o presidente do Itaqui, Ted Lago, e o diretor de Operações, Jailson Luz; o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (Fieto), Roberto Pires; secretários de Estado; deputados estaduais; e prefeitos, dentre eles, o de Talismã, Diogo Borges, que também é presidente da Associação Tocantinense de Municípios (ATM).

O Porto do Itaqui, consolidado como o porto do Centro Norte do Brasil, mantém relação permanente com o Tocantins, principalmente na exportação dos grãos e importação de fertilizantes e combustíveis. De toda a produção escoada pelo porto maranhense com origem no Tocantins, 77% é de soja e 23% de milho. E das cargas que entram no país pelo Itaqui com destino ao estado, 96% é de fertilizante e 4% é de combustíveis. Em 2020 foram exportadas pelo Itaqui 2,39 milhões de toneladas de soja produzida no Tocantins e 730 mil toneladas de milho. E chegaram ao estado (TO) 139 mil toneladas de fertilizantes.

“A nossa missão é de fazer do Porto do Itaqui um vetor de desenvolvimento para o Maranhão e região, atração de investimentos, negócios, geração de emprego e renda para os maranhenses e também ser um porto integrador da região”, afirmou Ted Lago. Em sua fala, ele destacou os investimentos de R$ 1,4 bilhão já executados e em execução no porto público do Maranhão, incluindo cerca de R$ 300 milhões de recursos próprios, e os projetos de expansão das operações de fertilizantes, combustíveis, grãos e carga refrigerada.

Essa reunião integra a programação da visita do governador Flávio Dino ao Tocantins para implementação do Projeto de Integração Geopolítica Interestadual, que visa a efetivação de políticas públicas entre o Tocantins e os estados do Maranhão, Piauí, Bahia, Pará, Mato Grosso e Goiás. Juntos, os estados concentram 1.530 municípios com uma população total de 45 milhões de habitantes, o que representa 21,74% da população nacional.

Ao final da reunião os governadores assinaram um protocolo para viabilização da ponte entre Filadélfia e Carolina, ligando os estados do Tocantins e do Maranhão. Também nesta quinta-feira foi formalizada parceria – entre a companhia de logística VLI e a COPI – Companhia Operadora Portuária do Itaqui para a criação de um novo ramal ferroviário conectando a malha do Corredor Centro-Norte ao terminal da COPI no Porto do Itaqui para transporte de fertilizantes.

Com esse novo ramal o fertilizante será interligado a um novo terminal intermodal que será construído em Palmeirante (TO). As obras devem começar em agosto deste ano e o investimento é de cerca de R$ 200 milhões.


https://www.revistaintermarket.com.br/itaqui-o-porto-do-to-e-do-centro-norte-do-pais/
Opinião dos leitores

Deixe aqui uma resposta