ATP destaca a contribuição dos TUPs para a economia na 6ª edição da Cidesport

30/10/2019 13:10 • Eventos

Evento que discute o desempenho do setor portuário contará com a participação de importantes representantes do segmento

O Congresso Internacional de Desempenho Portuário (Cidesport), evento que fomenta e estimula a discussão sobre o desempenho do setor portuário, começa hoje (30) e se estende até o dia 1º de novembro no Majestic Palace Hotel, em Florianópolis (SC). Na sexta edição do evento, o diretor-presidente da Associação de Terminais Portuários Privados (ATP), Murillo Barbosa, fará apresentação sobre o tema “A Contribuição dos Terminais de Uso Privado (TUPs) para a Melhoria do Setor Portuário”, durante o segundo dia da programação.

“Em 2018, a movimentação dos TUPs atingiu o dobro da movimentação dos portos públicos, o que demonstra a eficiência desse modelo. A carteira de investimentos dos terminais privados, de cerca de 35 bilhões reais nos últimos seis anos, por si só, já mostra a pujança econômica dos terminais privados no setor portuário e na economia brasileira”, destaca Barbosa.

Em sua apresentação no painel “O investimento privado no setor portuário: tendências e perspectivas”, o diretor-presidente da ATP abordará a evolução da movimentação portuária desde 2010, enfatizando o crescimento de 37,4% nos últimos nove anos. Também participa do painel o diretor-superintendente da Portonave, Osmari de Castilho Ribas, que apresentará o tema “O impacto da instalação de um TUP: o Caso da Portonave (SC)”. A Portonave, localizada na cidade catarinense de Navegantes, é uma das 29 associadas da ATP e se constituiu como o primeiro terminal portuário privado de contêineres do país.

O Congresso contará com a presença do secretário nacional de portos e transportes aquaviários do Ministério de Infraestrutura, Diogo Piloni, que fará palestra sobre as estratégias do Governo Federal para o setor portuário. Além da exposição do diretor-geral da Agência de Transportes Aquaviários (ANTAQ), Mario Povia, sobre os desafios na regulação e fiscalização dos portos brasileiros.

O VI Cidesport está sendo realizado pela Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL), por meio do Programa de Mestrado em Administração (PPGA) em parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). A iniciativa reúne professores, pesquisadores, dirigentes e gestores portuários.

Sobre a ATP

A Associação de Terminais Portuários Privados (ATP) foi criada em 24 de outubro de 2013 para representar os interesses e atuar em defesa do segmento portuário privado e na modernização dos portos brasileiros. Atualmente, representa 29 empresas de grande porte e congrega 56 Terminais de Uso Privado (TUPs) do país. As associadas da ATP juntas movimentam mais de 60% da carga portuária brasileira e respondem pela geração de 47 mil empregos diretos e indiretos.