TCP amplia parque de tomadas reefer

A TCP – empresa que administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá, finalizou o projeto de ampliação do parque de tomadas para contêineres de cargas refrigeradas (reefer), com a instalação de 672 novas unidades. O Terminal passa a contar com 3.624 tomadas reefer, o maior número disponível entre os terminais da América Latina.

Os investimentos na última etapa do projeto, que foi iniciado em 2016, totalizaram R$ 5,6 milhões, motivados pelo aumento crescente da demanda de exportações de cargas refrigeradas. “Com esse projeto, a TCP estará preparada para atender a demanda até 2023. Sem restrição para a admissão de cargas refrigeradas, o Terminal também aumenta sua competitividade comercial, conseguindo oferecer o melhor serviço ao melhor custo”, destaca Juarez Moraes e Silva, diretor Superintendente Comercial da TCP.

Além da estrutura oferecida para a manutenção dos contêineres refrigerados, a TCP também está apta a receber contêineres 24 horas por dia, além de contar com o maior número de vistorias dos órgãos intervenientes da área de influência, o que garante uma rápida liberação de cargas para embarque. “São realizadas vistorias diárias pelos órgãos, inclusive aos sábados. Com a estrutura oferecida, garantimos ao exportador que as cargas refrigeradas exportadas por Paranaguá estejam de acordo com os padrões dos mais exigentes mercados”, diz Moraes e Silva.

A TCP é a empresa que administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá – segundo maior terminal de contêineres da América do Sul, e a empresa de serviços logísticos TCP Log.

A atuação do terminal é complementada pela TCP Log, que oferece serviços de integração da cadeia logística; como armazenagem, estrutura para carregamento e descarregamento de contêineres, pátio para contêineres e transporte do modal rodo ferroviário ao terminal em Paranaguá.

Assessoria