SIL parte em busca de novos desafios

 

A estratégia de mercado adotada pela SIL Fios e Cabos Elétricos no início de 2015, e que resultou na criação de cinco gerências regionais, não poderia ter se mostrado mais acertada. Em um período no qual a indústria brasileira mais padeceu com as crises política e econômica, 2016, a companhia não só conseguiu se manter saudável como também cresceu em volume, em torno de 5%. Também preservou seu quadro funcional, algo bastante representativo para a época, e até contratou, caso dos gerentes. 
A profunda análise realizada em cada estado e em cada região para identificar onde não estava e onde precisava melhorar a cobertura, deu à SIL a possibilidade de abrir novos mercados e estar ainda mais perto do cliente, seu objetivo principal desde o início dos estudos. O processo de mudança, que incluiu, dentre outros, um grande rearranjo nos representantes, com trocas e nomeações, foi primordial no enfrentamento da crise. Tanto que a empresa optou por continuar com os investimentos no projeto, que resultou em aumento do número de representantes, com áreas de cobertura menores, para um trabalho muito mais focado na revenda. 
Hoje, a SIL conta com as gerências regionais em locais estratégicos para apoiar os representantes e o gerente responsável por cada uma tem autonomia para analisar, aprovar e responder cotações, bem como fechar negócios. Uma iniciativa que, além de gerar ganhos para a empresa, tem dado muito mais agilidade nos processos, com atendimento rápido e de qualidade.  
Pedro Morelli, gerente comercial e de marketing da SIL, explica que a estratégia de mercado com as gerências regionais chegou à maturidade e que, no momento, a companhia se prepara para os próximos capítulos deste grande projeto: “Podemos afirmar que hoje temos conhecimento muito mais amplo de cada região. Isso nos deu a oportunidade de mudar o que precisava, sem medo, amparados por muito estudo e pesquisa. Não foi um processo que aconteceu de um dia para o outro. Levou tempo e muito investimento, mas resultou em evolução fantástica para os negócios da SIL, especialmente num momento tão cruel da economia como tem sido os últimos dois anos e meio. O foco agora será nos desdobramentos que toda essa mudança nos trouxe. E posso dizer que estamos muito confiantes”. 
A partir das reformulações, iniciadas em 2015, a SIL nomeou vários representantes, ultrapassando a casa dos 100. Para 2017, a expectativa é aumentar este número em 10% para alcançar a cobertura do território nacional que a SIL considera ideal para o negócio. Já os mais 8 mil pontos de vendas hoje espalhados pelo Brasil devem se manter este ano, uma vez que atendem com tranquilidade o propósito da companhia.
 
 
 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *