Receita Federal de Campos ministra seminário sobre controle aduaneiro no Porto do Açu

Cerca de 60 colaboradores responsáveis pela segurança do Complexo participaram do encontro

Rio de Janeiro, 26 de outubro de 2017 – O Porto do Açu recebeu três representantes da Receita Federal de Campos, que ministraram um seminário sobre controle aduaneiro, no auditório do Centro de Visitantes do empreendimento. O evento, realizado ontem, foi de aprendizado e troca de experiências sobre os procedimentos de vistoria de pessoas, veículos e mercadorias dentro das exigências legais. Cerca de 60 pessoas das equipes de Vigilância e Segurança Patrimonial do Complexo Portuário estiveram presentes no evento.

“O seminário foi altamente relevante para atualizar as equipes das portarias das áreas alfandegadas sobre a importância da atividade que desempenham, em conjunto com a Receita Federal. Foi uma oportunidade também de entender a rotina de trabalho do órgão e estreitar o relacionamento com seus representantes”, pontuou Célia Daumas, gerente de Projetos e Infraestrutura do Porto do Açu.

Para a Receita Federal, que normalmente acessa o Complexo Portuário para cumprir as tarefas de praxe do órgão, poder se reunir e abrir diálogo com os colaboradores em um momento reservado foi muito acrescentador.

“A nossa atividade e a do Porto do Açu têm que andar sempre em conjunto, por isso a importância de compartilharmos as nossas informações e conhecimentos. Este tipo de encontro só tem a fortalecer o nosso relacionamento”, afirmou Renato Braga, delegado adjunto da Receita Federal, em Campos.

Os colaboradores do Complexo Portuário aproveitaram o seminário para tirar dúvidas e dividir experiências. “Esta troca é muito importante, até porque nós dependemos da Receita Federal e eles também dependem da gente. O alinhamento de procedimentos é fundamental para nos respaldarmos do quê, como e quando fazer, assegurando a boa relação entre ambas as partes”, disse Renato Louzada, supervisor de Segurança Patrimonial do Porto do Açu.

O Complexo Portuário conta com três terminais alfandegados, certificados pelo governo brasileiro, e que atuam dentro dos padrões recomendados pelo Código Internacional para a Proteção de Navios e Instalações Portuárias (ISPS Code), estrutura de segurança adotada mundialmente para prevenir atos ilícitos e contra navios e instalações portuárias.

 

Mais informações:

– Bárbara Bortolin – barbara.bortolin@prumologistica.com.br /

(21) 3725-8028 / (21) 98141-9143

– Fernanda Corrêa – fernanda.correa@prumologistica.com.br /

(22) 2133-1230 / (22) 99712-7143