Mercedes-Benz lança novos recursos para a linha de caminhões na Fenatran

  • Nova cabina estendida (+180 mm) faz da linha Accelo uma das mais confortáveis do mercado de leves e médios. Outra novidade é o banco pneumático para o motorista
  • Marca é a primeira a comercializar câmbio automatizado inteligente, que traz como principal novidade o assistente de partida em rampa
  • Os diferencias da linha Accelo é a cabina moderna e compacta e o motor mais potente do mercado para distribuição urbana
  • Novas cores de cabina tornam o design da linha Accelo ainda mais atraente
  • Linha ganha tanque adicional de combustível de 150 litros,  garantindo a maior autonomia do segmento com 300 litros de capacidade
  • Novidades elevam o padrão de conforto, economia e segurança dos modelos leves e médio
  • Clique aquie veja o vídeo do Novo Accelo

Atendendo a demandas dos clientes, os caminhões Mercedes-Benz Accelo – modelos 815 e 1016 do segmento de leves e o 1316 da categoria de médios – ganham 15 novos recursos, com destaque para a nova versão de cabina estendida e a transmissão automatizada, o que agrega ainda mais valor a uma linha de produtos já consagrada no País pela eficiência na coleta e entrega urbana e no transporte rodoviário, bem como pelo reduzido custo operacional.

Entre as novidades do Accelo – que serão lançadas ao mercado na Fenatran 2017, o maior e mais completo Salão de Transporte Rodoviário de Carga da América Latina – também se destacam o sistema de partida em rampa (HSA), além de controle de tração (ASR), banco pneumático para o motorista, painel de instrumentos com novas funções, tanque adicional de combustível de 150 litros e novas cores de cabina.

“Com essas novidades, o Accelo está cada vez mais atrativo e aprimorado, em total sintonia com os desejos dos clientes e o atual perfil do mercado, reforçando uma linha de veículos já consagrada por sua versatilidade e eficiência no transporte de carga e distribuição de produtos em áreas urbanas”, afirma Roberto Leoncini, vice-presidente de Vendas, Marketing e Peças & Serviços Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. “Os aprimoramentos da linha Accelo decorrem da evolução do ECONFORT, filosofia de desenvolvimento dos caminhões da nossa marca que assegura um alto padrão de economia, conforto, força e desempenho no transporte”.

De acordo com o executivo, os aprimoramentos na linha Accelo demonstram ainda que a Empresa segue atenta às exigências e sugestões dos clientes, bem como às tendências do mercado, fazendo dele um dos caminhões mais completos e confortáveis do seu segmento. “Com base nisso, estamos fazendo muito bem a lição de casa, transformando cada necessidade dos clientes em novas soluções eficientes e rentáveis. Ou seja, estamos cumprindo o compromisso estabelecido no slogan As estradas falam. A Mercedes-Benz ouve”.

Os 15 novos recursos introduzidos no Accelo asseguram vantagens para o motorista e os acompanhantes no dia a dia de trabalho. “A nova cabina estendida oferece melhor ergonomia e mais espaço para os ocupantes e para a acomodação de objetos”, destaca Ari de Carvalho, diretor de Vendas e Marketing Caminhões da Mercedes-Benz do Brasil. “Isso se traduz em bem-estar a bordo e mais conforto, o que significa mais produtividade na operação de transporte. Já o novo câmbio automatizado com grande inteligência otimiza a troca de marchas, melhorando o desempenho e a economia no consumo, além de aumentar o conforto e a segurança”.

Cabina estendida oferece mais conforto e praticidade para o motorista

O lançamento da inédita cabina estendida para a linha Accelo, nos modelos 815, 1016 e 1316, aumenta as opções de escolha para os clientes, que continuam contando com a versão básica de cabina. Isso amplia a versatilidade da linha Accelo, possibilitando o atendimento a diversas preferências e necessidades dos transportadores.

“A cabina estendida coloca o Accelo em um novo patamar, posicionando-o entre os mais confortáveis do seu segmento”, ressalta Ari de Carvalho.

A nova cabina estendida do Accelo se caracteriza por um prolongamento de 180 mm na parte traseira. Com isso, o banco do motorista ganhou uma nova posição, recuada em 25 mm e com ajuste longitudinal de 210 mm, ampliando assim o espaço para as pernas. A regulagem do encosto foi aumentada de 12 graus para 25 graus. Tudo isso resulta em maior espaço e uma melhor ergonomia, principalmente para pessoas de maior estatura,  adequando o habitáculo aos mais diversos biotipos de motoristas.

O encosto do banco do acompanhante também ganhou mais 6 graus de inclinação. Além disso, o Accelo recebeu um novo tapete com enchimento de +30 mm para elevação da altura do piso, facilitando o apoio do pé para pessoas de baixa estatura. Essas melhorias proporcionam maior conforto e melhor ergonomia também para os demais ocupantes.

O prolongamento de 180 mm da cabina estendida também permitiu a instalação de 3 porta-objetos atrás dos bancos. Há também uma rede na parede traseira – uma excepcional solução para a guarda de objetos e bagagens e que contribui para melhor organização do espaço disponível.

Outro item importante admirado pelos motoristas, o banco pneumático agora é oferecido como opcional na versão com cabina estendida. Possui várias regulagens e sua suspensão absorve com excelência as irregularidades da pista, oferecendo assim um alto padrão de conforto e ergonomia na condução do caminhão.

Esse conjunto de melhorias atende a diferentes biotipos de condutores do veículo, elevando a linha Accelo como um dos caminhões mais completos e confortáveis do seu segmento.

Inteligência embarcada é destaque no câmbio automatizado

Outra grande novidade da Mercedes-Benz para o segmento de leves e médios é a introdução do câmbio totalmente automatizado de 6 marchas, sem pedal de embreagem, para os caminhões Accelo, como opcional. “A partir de março de 2018, esse item estará em produção”, afirma Ari de Carvalho. “Dessa forma, nossa marca passa a oferecer transmissões automatizadas para toda família de produtos, ampliando ainda mais o leque de ofertas para os clientes”.

O Accelo 815, o “Mercedinho”, receberá o câmbio totalmente automatizado Eaton 6106A. Já os modelos Accelo 1016 e Accelo 1316 6×2 serão equipados com a versão Eaton 6206A. Estes câmbios de 6 marchas se caracterizam pelo excelente escalonamento de marchas com primeira reduzida de 6,20 e última marcha com overdrive 0,78, combinando excelente partida em rampa e altas velocidades operacionais, tornando os caminhões Accelo aptos para trafegarem no intenso tráfego urbano, assim como em rodovias.

Essa novidade tecnológica dos caminhões Accelo é a combinação de um câmbio mecânico com acionamento automatizado das trocas de marchas, sem pedal de embreagem. A grande vantagem do sistema automatizado é a otimização do consumo de combustível, pois o câmbio tem potencial para minimizar as diferenças de condução entre os motoristas de uma frota, fazendo com que a média de consumo da frota cresça significativamente.

Para os autônomos e proprietários particulares, o câmbio automatizado auxilia na operação do caminhão com economia e conforto, sem exigir um alto nível de capacitação e experiência de condução. Sem o pedal de embreagem, o sistema elimina esforços, gerando menor fadiga do motorista, que pode ficar mais atento a outros itens de desempenho e segurança da condução do veículo, além de proteger o câmbio de eventuais imperícias.

O câmbio automatizado é a solução perfeita para os caminhões que trafegam no intenso tráfego urbano, onde as trocas de marchas são constantes, pois alivia o estresse do motorista, tornado a condução muito mais segura e produtiva.

O câmbio automatizado do Accelo, assim como os demais modelos aplicados na linha de caminhões Mercedes-Benz, conta com uma grande inteligência embarcada, com destaque para:

Sistema de reconhecimento da inclinação da pista – identifica a situação da via e realiza a troca de marcha de forma mais adequada.

Modos de condução Eco e Power – Na função Eco, ao se acionar a tecla “automático” o sistema já opera no modo de economia, realizando as trocas de marchas nas situações de menor consumo de combustível, oferecendo assim, mais rentabilidade. Acionado por uma tecla no painel, o modo Power privilegia mais desempenho e, neste caso, as trocas de marchas acontecem em rotações mais altas.

Kickdown no pedal do acelerador – quando este pedal é pressionado até o fim de seu curso, o sistema entende e reduz a marcha para melhorar as respostas do motor.

Sistema de auxílio de partida em rampa (HSA – Hill Start Aid) – Acionado por tecla no painel, o sistema de freio é acionado por até 3 segundos até que se acelere o caminhão.

Sistema de sobrecarga da embreagem – Uma luz de aviso no painel de instrumentos informa o condutor de condições de excessiva sobrecarga (alta temperatura) da embreagem. Isso protege a embreagem contra má operação e preserva sua vida útil ou a troca prematura.

O câmbio automatizado do Accelo também agrega a função ASR (Anti Slip-Regulation), sistema de controle de tração que garante melhor dirigibilidade e mais segurança.

Esses novos câmbios vêm equipados, de série, com o módulo PSM, que faz a interface entre o caminhão e o acionamento de tomada de força, itens montados por terceiros.

Painel de instrumentos com funções adicionais

No Accelo, a interatividade foi aumentada por meio de novas funções no painel de instrumentos. Entre elas destacam-se: pressão da turbina, alarme de velocidade, tempo/consumo em marcha lenta e consumo em litros. Com isso, o painel aumentou sua praticidade, com melhoria no monitoramento de parâmetros de condução do caminhão.

Tanque adicional e novas cores são atrações na Fenatran

A Mercedes-Benz reservou mais atrações da linha Accelo para a Fenatran. Entre elas, o tanque adicional de combustível de 150 litros, disponível como opcional para os modelos com entreeixos de 4.400 mm. Isso eleva para 300 litros a capacidade total do Accelo, oferecendo a maior autonomia dos segmentos de leves e médios para o cliente rodar por mais tempo, diminuindo as paradas para abastecimento.

Os dois caminhões Accelo que estarão expostos no evento demonstrarão novas cores de cabina disponíveis para o mercado, que dão ao caminhão um design mais bonito e elegante. O Accelo 815 apresentará a cor Laranja Setter e o Accelo 1316 6×2 trará uma nova cor azul Rigel.

Na Fenatran também será apresentado o conjunto de válvula reguladora e distribuidora de 4 vias com filtro secador de ar e separador de óleo. Essa solução protege o sistema de freio contra umidade e óleo, eliminando a necessidade de manutenção diária.

15 novos recursos incorporados na linha Accelo e lançados na Fenatran

  1. Nova cabina estendida (+180 mm de prolongamento, banco do motorista reposicionado em +25 mm e com +13 graus de ajuste do encosto; +6 graus de inclinação do encosto do banco do acompanhante
  2. Novo tapete com enchimento de 30 mm para elevação do piso
  3. Três porta-objetos atrás do banco
  4. Rede na parede traseira
  5. Banco do motorista pneumático (opcional)
  6. Câmbio automatizado sem pedal de embreagem – câmbio Eaton com versões para o Accelo 815 e para os modelos 1016 e 1316 6×2, sistema de reconhecimento de inclinação de pista e funções Eco, Power e Kickdown
  7. HSA (Hill Start Aid) – auxílio de partida em rampa
  8. ASR (Anti Slip-Regulation) – controle de tração das rodas
  9. Painel de instrumentos com novas funções
  10. Luz de aviso de sobrecarga da embreagem
  11. Modulo PSM interface veículo/implemento
  12. Tanque adicional de combustível de 150 litros – para entreeixos de 4.400 mm, aumentando a capacidade total para 300 litros (150 + 150)
  13. Novas cores de cabina – laranja Setter, Azul Rigel, Cinza Galcon e Azul Griffon
  14. Conjunto de válvula reguladora e distribuidora de 4 vias com filtro secador de ar e separador de óleo
  15. EBD – Eletronic Brake Force Distribution

Destaques dos caminhões Accelo

  • Caminhões leves – Accelo 815 (8.300 kg de PBT) e Accelo 1016 (9.600 kg de PBT)
  • Caminhão médio – Accelo 1316 6×2 (13.000 kg de PBT)
  • O trem de força mais robusto do mercado, com destaque para o motor Mercedes-Benz OM 924 LA, o mesmo utilizado nos caminhões semipesados Atego de 17 toneladas – mostra assim toda a sua robustez, resistência e durabilidade.
  • Maiores intervalos de troca de óleo – no serviço severo são 45.000 km, o que reduz os custos operacionais e aumenta a disponibilidade do caminhão
  • As maiores plataformas de carga da categoria
  • Devido a suas dimensões compactas, o Accelo é perfeito para o trânsito intenso das grandes cidades, atendendo às legislações de restrição de circulação, como a categoria VUC
  • Com o menor círculo de viragem da categoria, o Accelo  movimenta-se com extrema facilidade, mesmo em vias estreitas e no interior dos bairros.