Hub Port em Salvador

A Câmara de Logística Integrada- CLI da AEB, organizou uma missão na Bahia, na Federação da Indústria do estado da Bahia- FIEB. A Missão foi composta  pelo Coordenador Jovelino Pires,   Monica Romero, Claudio Viveiros, Paulo de Lello, Elias Gedeon, Marcos Lessa  e John Cuttino, este  representante no Brasil do Porto de Houston – USA.
O tema principal  foi a análise de “Possibilidades de negócios e cooperação com os Estados Unidos, via Porto de Houston” e “A performance dos Portos Baianos no Comércio Exterior Brasileiro “.  A Reunião contou com a presença maciça dos Conselheiros e membros da FIEB, com forte interlocução sobre os temas abordados para ampliar o comércio exterior brasileiro, via Portos da Bahia. O Coordenador do Conselho de Comércio Exterior e Portos da FIEB, Sergio Faria, presidiu a Reunião, tendo à mesa o Vice-Coordenador Alberto Schimdt , o Sr Angelo Calmon de Sá Filho e o Coordenador da CLI Jovelino Pires.
Abertos os trabalhos, após as explanações sobre o desenvolvimento das ações a cargo das Comissões da FIEB , o Coordenador Jovelino expôs o trabalho que a AEB vem desenvolvendo por sua CLI para alcançar  o saldo em nossa Balança Comercial acima de  Us$ 51 Bilhões em 2017, com esforço de se chegar a Us$ 55 bilhões. Para tanto, os Portos Baianos são estratégicos e a busca de parceiros no exterior, indispensáveis, onde o Porto de Houston, nos Estados Unidos , é marcante, por já receber cerca de 60% de nossas cargas (ida e volta) daquele País. A AEB, nos seus 46 anos de  vida tem sido o marco empresarial para o sucesso do Brasil no Comercio Exterior Mundial.
Paulo de Lello, descreveu o Projeto PORTAL BRASIL-PORTO DE HOUSTON, cujos primeiros resultados já demonstram avanços comerciais, fortalecendo, inclusive, a presença brasileira também no Golfo do México. O representante do Porto de Houston, Jonh Cuttino, apresentou visão geral do investimento do Porto de Houston, sua infraestrutura e vantagens comerciais, recebendo e remetendo todos  os tipos de cargas e com integração  aos modais internos de transportes no território americano. Comentou sobre a viabilidade de se estudar  o financiamento a investimentos em portos e instalações no Brasil, por órgão americano.
A Conselheira Técnica da AEB, Monica Romero, destacou a sinergia entre os Portos Baianos e o complexo agro industrial da ampla região  da Bahia e Estados Adjacentes.. Destacou a integração da AEB, via sua CLI, com órgãos do Governo Federal, lembrando  que a CAMEX, a ANTT, a ANTAQ  fazem parte integrante da CLI,  enquanto é mantido excelente  relacionamento com outras unidades federais, como o Ministério das Relações Exteriores e  especialistas e profissionais  de nossa administração pública, destacando ai, a participação de membros da CLI na constante troca de estudos com a Escola Superior de Guerra  e  com a Receita Federal ,em trabalhos fundamentais de logística para a defesa de nosso País e crescimento de nossa economia.
O Coordenador do Conselho de Comércio Exterior e Portos da FIEB, Sergio Faria, explanou sobre os oito terminais portuários da Bahia, sendo que sete se situam dentro da Baia de Todos os Santos, com dois públicos e cinco TUPs. Descreveu o potencial de cada um, principais itens de comercialização e os desafios que se colocam como desafios para a formação e crescimento pretendido para garantir posição de principal Hub Port do nordeste brasileiro.
O Conselheiro da AEB em Ilhéus, Elias Gedeon, bem como o Conselheiro da AEB no CAP de Salvador, Marcos Lessa, posicionaram questões e aspectos peculiares aos referidos portos, conjugando um esforço em  “regionalizar” o Projeto “Portal BRASIL/PORTO DE HOUSTON”,
No dia seguinte, foi realizada reunião no TECON/SALVADOR. Verificou-se a importância da presença da Wilson Sons, cujo investimento de ampliação da sua Unidade permitiu que a sua capacidade mais que dobrasse nesses recentes anos. A perspectiva para o próximo período, de 2018 a 2020, seja ampliada a área de movimentação de cargas e de seu cais, para berço de mais um navio internacional.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *