Executivo da New Holland recebe homenagem na Câmara de Curitiba

Com 42 anos de atividades ininterruptas no setor de Suporte ao Produto de colheitadeiras na fábrica da New Holland em Curitiba (PR), o chileno Mario Jose Rebolledo Pino recebeu o título de cidadão honorário da Câmara Municipal. A homenagem vai além do reconhecimento pelas várias décadas de serviço prestado ao agronegócio paranaense, mas por fazer parte da história da Cidade Industrial de Curitiba (CIC), onde foi construída a primeira colheitadeira do Brasil com componentes nacionais.

A homenagem partiu do vereador Bruno Pessuti e foi entregue no último dia 29 (sexta-feira), exatamente 42 anos após o início do trabalho de Pino na New Holland. “Sempre destaquei Curitiba como a melhor cidade para se viver no Brasil”, lembra em relação às diversas recepções de produtores e concessionários que realizou.

Mario Pino tem 68 anos, é um dos primeiros funcionários da marca e ainda está em atividade. “Não havia nada quando iniciamos essa fábrica. Foi como ver nascer uma flor”. Pino chegou na New Holland em 29 de setembro de 1975, quase um mês antes da inauguração oficial da fábrica, a primeira da CIC e a única montadora de maquinários agrícolas no Paraná.

A sua chegada na New Holland se funde com a história política chilena. Pino é técnico agrícola e trabalhava no Instituto Nacional de Investigação Agropecuária (INIA), entidade similar à Embrapa no Chile. Ele permaneceu no INIA entre 1968 e 1975. Mas foi o ano de 1973 que mudou sua vida, com a ascensão do governo militar.

“Morava na cidade de Chillan. Eu, que tinha esposa e duas filhas pequenas, não aguentei a repressão, o toque de recolher e a instabilidade econômica”. Pino, então com 26 anos, e a família viveram essa situação por dois anos. Em 1975, foi convidado pelo colega Ricardo Mora Reyes, também chileno, que já trabalhava na New Holland.

“Nacionalíssima”

Em agosto de 1976, após o lançamento da colheitadeira “Nacionalíssima”, a primeira da marca feita em Curitiba, Pino participou de um desfile em Brasília, pilotando a máquina para a apresentação oficial do produto ao mercado e ao então governo brasileiro.

Ela foi a primeira colheitadeira feita apenas com componentes de fabricação nacional e representou um marco na história da New Holland, que pôde incluir seus produtos em sistemas de financiamento público.

A fábrica da New Holland localizada em Curitiba é uma das mais modernas da CNH Industrial no mundo. Recentemente, conquistou o nível prata do World Class Manufacturing (WCM), um dos mais altos padrões da indústria de manufatura no mundo. Atualmente, a unidade tem cerca de 2,1 mil funcionários, com aproximadamente 1,5 mil somente na área de manufatura.

Ela é uma das mais complexas da América Latina, pois é formada por quatro plantas, que produzem transmissão, tratores, colheitadeiras e plataformas de corte. É na unidade em Curitiba que o trator da Série 30 alcançou a marca de 60 mil unidades fabricadas e a consagrada colheitadeira da linha TC chegou a 35 mil unidades produzidas.

Além do WCM, a unidade é certificada pelo ISO 9.001 (gestão de qualidade), ISO 14.001 (gestão ambiental), OHSAS 18.001 (gestão de saúde e segurança ocupacional) e ISO 50.001 (eficiência energética).

Sobre a New Holland

A marca, pertencente à CNH Industrial, é especialista no sucesso de agricultores, pecuaristas, locadores e profissionais da agricultura, seja qual for o segmento em que eles atuem. Seus clientes podem contar com a mais ampla oferta de produtos e serviços inovadores: uma linha completa de equipamentos, tratores, colheitadeiras, pulverizadores e plantadeiras, além de equipamentos específicos para biomassa e silvicultura, complementada por serviços financeiros feitos sob medida e planejados por especialistas em agricultura. Visite www.cnhpress.com e cadastre-se para receber e solicitar informações sobre a New Holland, além de ter acesso a todas as fotos dos produtos em alta resolução.

Fonte: Assessoria de imprensa New Holland