Colaboradores da Aliança Navegação e Logística participam de Maratona

São Paulo, setembro de 2017 – A prática de exercícios é fundamental para garantir um estilo de vida mais saudável. Com o intuito de promover essa prática entre seus colaboradores, a Aliança Navegação e Logística participará da  25ª Maratona Pão de Açúcar de Revezamento São Paulo, no dia 24 de setembro. Ações como essa são contínuas na empresa, pois além de promover o bem estar, ainda é possível incentivar a integração entre todos os funcionários.

A Maratona, que faz parte do ‘Circuito das Corridas Pão de Açúcar e Nescau’, terá a largada às 7 horas na Avenida Pedro Álvares Cabral, próxima ao Obelisco do Ibirapuera. Composta por três modalidades – equipes com dois participantes, quatro e oito atletas -, a maratona tem duração máxima de cinco horas. Cerca de 80 colaboradores da Aliança participarão do evento.

Mais informações sobre a prova podem ser obtidas no site

Aliança Navegação e Logística

A Aliança Navegação e Logística foi fundada em 1950 por Carl Fisher. Em 1998, a empresa foi adquirida pelo Grupo Oetker, também proprietário da Hamburg Süd. Em 1999, a Aliança retoma o transporte de cabotagem no Brasil, que até então era subutilizado.

Entre 2013 e 2014, a Aliança reestruturou sua frota de cabotagem com um investimento de R$ 700 milhões na compra de 6 navios porta-contêineres com capacidades que variam de 3.800 TEUs a 4.800 TEUs. Atualmente, a empresa conta com 11 navios em operação no serviço, com amplo atendimento em 15 portos de Buenos Aires até Manaus, e um total de 104 escalas mensais.

A Aliança é market leader na cabotagem e possui uma carteira de clientes que vai do arroz ao zinco, com grandes, pequenas e médias empresas e em praticamente todos os segmentos do mercado, com destaque cada vez maior para os segmentos de bens de consumo duráveis. No ano passado, obteve um faturamento de R$ 3,3 bilhões e movimentou 673 mil contêineres.

A empresa tem forte atuação no mercado externo, com 25 navios porta-contêineres que fazem a rota internacional, distribuídos em 9 serviços. Além disso, oferece o transporte de granéis (fertilizantes, grãos e minérios), onde são utilizados 8 navios com capacidade que vão de 38 mil toneladas a 45 mil toneladas.