Aliança e Hamburg Süd criam projeto para conscientizar motoristas

Milhares de acidentes acontecem a cada minuto nas estradas do País. Por isso, a Aliança e a Hamburg Süd, especialistas no transporte porta a porta – no qual é possível utilizar diversos modais numa mesma operação-, criaram um projeto de prevenção de acidentes, que visa não somente reduzir os incidentes rodoviários em suas atividades, mas principalmente garantir a integridade da vida humana e do meio ambiente.

O Projeto Prevenção de Acidentes, batizado de PPA, baseia-se em três principais pilares: Gerenciamento de Riscos, Políticas Internas e Comunicação/Treinamento. Para a Gestão de Riscos, com a ajuda da Open Tech, empresa especializada em gerenciamento de riscos em transportes, foi possível ter maior visibilidade da operação, incluindo informações sobre a velocidade dos motoristas nas estradas, auditorias, inspeções rotineiras nos veículos, assim como a homologação dos pátios para a armazenagem dos contêineres carregados. Sobre as Políticas Internas, tanto a Aliança quanto a Hamburg Süd passaram a incluir cláusulas mais específicas em seus contratos, assim como as penalidades previstas em lei, no caso de descu mprimento das regras acordadas.

A última parte e a mais importante do projeto é a Comunicação/Treinamento. Por meio de uma parceria com o SEST-SENAT e as próprias transportadoras desde o mês de Julho, estão sendo realizados workshops nas cidades onde há operações da Aliança e da Hamburg Süd. O evento é sempre ministrado aos sábados e sob a gestão de um analista de risco e da equipe da Open Tech. Os principais temas abordados durante o bate papo são: acidentes de trânsito, direção preventiva, bem-estar do motorista, procedimentos ao volante, manutenção dos veículos e multas de trânsito.

Para não prejudicar a operação, cada transportadora elege seu time de colaboradores para participar do workshop. A ideia é que os motoristas que participarem presencialmente multipliquem a informação para os demais. Porém, obrigatoriamente, todos deverão testar seus conhecimentos em um treinamento on-line e emitir um certificado de conclusão do treinamento. Após um ano, todos passarão por uma reciclagem.

Atualmente, cerca de 2.500 motoristas colaboram nas operações rodoviárias das duas empresas e todos deverão participar do treinamento. “Somos pioneiros nesse tipo de iniciativa. A ideia não é punir, mas prevenir e padronizar todo o processo de transporte rodoviário. Hoje, muitas transportadoras que trabalham conosco possuem esse tipo de treinamento. Outras prestam um ótimo trabalho, mas não possuem a iniciativa. Garantir o ritmo certo da operação e aumentar a qualidade dos serviços irão beneficiar a todos”, comenta o gerente nacional de Operações Intermodais da Hamburg Süd, Fernando Camargo.

A primeira cidade a receber o PPA foi Santos. Após quatro sábados consecutivos, cerca de 130 motoristas puderam participar do treinamento e compartilhar suas experiências. Até o final de 2017, o projeto irá passar por mais 9 cidades.

Assessoria